COLPOSCOPIA

Saiba mais informações sobre a Colposcopia

O QUE É O EXAME DE COLPOSCOPIA?

Colposcopia é o exame do trato genital inferior realizado por um médico utilizando o colposcópio, aparelho com lentes de aumento que através da colocação de dois líquidos, ácido acético entre 2- 5% e solução de Lugol a 2%, é capaz de identificar lesões no colo uterino, na vagina e na vulva. Para o exame do colo uterino é realizada a colposcopia, da vagina a vaginoscopia e da vulva a vulvoscopia.

No laboratório Citoclin realizamos estes exames através de um videocolposcópio o que possibilita a visualização por um monitor e captura das imagens que serão colocadas no laudo possibilitando o acompanhamento futuro das lesões. Com isto,o seu médico poderá discutir o caso com o médico que realizou seu exame, participando do diagnóstico.

Estas imagens ficam armazenadas em nosso sistema e poderá ser solicitada uma segunda via do exame a qualquer momento. Além disto, todos os exames anteriores da paciente estão disponíveis no momento da realização de outro exame possibilitando ao médico do laboratório comparar imagens atuais com os exames anteriores.

Importante que seja realizado fora do período menstrual, que a paciente se abstenha de relações sexuais nas 48 horas anteriores e não use nenhum creme vaginal antes do procedimento.

Nas 24h que antecedem ao exame, não deverá estar utilizando cremes ou óvulos vaginais, não ter realizado exame de ecografia transvaginal, ou ter tido relações sexuais.

Você deve avisar ao médico que realiza o exame se é alérgica ao iodo para que o teste com Lugol não seja realizado.

No exame colposcópico o médico aplica dois líquidos, o ácido acético entre 2-5% e o Lugol a 2%, com o objetivo de evidenciar manchas ou lesões que são percussoras do câncer de colo uterino, da vagina e da vulva. A colposcopia é um exame aliado a Citopatologia do colo uterino aumentando substancialmente a capacidade de detecção da doença. Além disto tem o objetivo de evidenciar a melhor área a ser biopsiada se necessário ou solicitado pelo seu médico.

A colposcopia é indicada pelo ginecologista quando o exame citopatológico apresenta alguma alteração, quando a paciente apresenta sangramentos fora do período menstrual, dor na relação sexual, prurido vulvar ou lesões como verrugas. Também é indicado para controle pós-operatório das cirurgias para tratamento de lesões pré-cancerosas ou no pré-operatório de intervenções no trato genital inferior.

A paciente é colocada em posição ginecológica de preferência com os pés nas peneiras para que o períneo fique mais elevado. É colocado o espéculo vaginal, aparelho que afasta as paredes vaginais dando visibilidade total ao colo uterino.

O médico utiliza solução de ácido acético a 3% que faz com que o epitélio alterado fique esbranquiçado, depois disto ele aplica solução de Lugol a 2% que cora o colo normal de marrom, sendo uma área alterada esta não se cora e ficará amarelada.

Para a vulvoscopia não é necessário nenhum aparelho. É colocado ácido acético a 5% para observação de toda a vulva inclusive região peri-anal.

O exame tem uma duração curta de aproximadamente 10 min. O colposcópio não penetra na vagina. O procedimento é indolor. Pode ser sentido um pequeno desconforto em algumas pacientes na colocação do espéculo, podendo causar um pequeno desconforto em algumas pacientes.

Mesmo não realizando a biópsia é possível que a paciente tenha um pequeno sangramento após o exame.

Tanto a colposcopia como a vaginoscopia e vulvoscopia podem ser realizados na gravidez em qualquer fase, podendo ser um pouco desconfortável a partir do sétimo mês de gestação, além de poder ocorrer sangramentos.


  • colposcopia

    Colposcopia

  • Teste de Schiller na colposcopia

    Teste de Schiller na colposcopia