PENISCOPIA

Saiba mais informações sobre a Peniscopia

O QUE É PENISCOPIA?

A peniscopia é um exame de diagnóstico da pele do Pênis, região escrotal e inguinal, através do colposcópio , que tem por objetivo a identificação das lesões provocadas pelo HPV( Papiloma vírus humano), outras doenças inflamatórias e até mesmo o câncer.

É recomendada para parceiros de mulheres que tenham diagnóstico de HPV ou de lesões percussoras de Câncer de colo uterino, pacientes que tenham muitas parceiras sexuais ou apresentarem qualquer lesão no pênis. Em geral este exame é solicitado pela ginecologista da parceira ou pelo próprio urologista do paciente.

Deve ser feito mesmo que a olho nu não se identifique nenhuma lesão, pois as lesões provocadas pelo HPV, por exemplo, podem ser microscópicas.

Mesmo que estas lesões, que denominamos de subclínicas tenham alto potencial de resolução espontânea, é importante o diagnóstico para acompanhamento do casal.

Uma vez que permite observar qualquer alteração, mesmo que muito pequena no pênis, é possível o diagnóstico de qualquer doença sexualmente transmissível (DST), que provoque algum tipo de lesão na pele ou na mucosa como Herpes vírus, cancro e etc.

O exame é muito simples. O Médico irá colocar uma compressa embebida em acido acético a 5% e depois pincelar o pênis com azul de toluidina a 1%. Após algum tempo irá observar todo o pênis, região pubiana e bolsa escrotal com o colposcópio, uma espécie de câmera com uma lente de grande aumento. Identificando qualquer lesão o médico irá registrar a imagem para o laudo.

Estas imagens ficam armazenadas em nosso sistema e poderá ser solicitada uma segunda via do exame a qualquer momento. Além disto, todos os exames anteriores da paciente estão disponíveis no momento da realização de outro exame possibilitando ao médico do laboratório comparar imagens atuais com os exames anteriores.

Caso seu médico ache necessário para elucidar o diagnóstico pode ser realizada, no mesmo momento ou posteriormente, a biopsia da lesão encontrada na peniscopia.

Este procedimento é realizado no laboratório com anestesia local e a retirada de pequeno fragmento com bisturi elétrico ou pinça. A única recomendação é não ter relações sexuais por uma semana após e exame. Não há necessidade de vir acompanhado no momento do exame ou fazer repouso.

O PACIENTE QUE FAZ USO DE ANTICOAGULANTES DEVE CONSULTAR SEU MÉDICO SOBRE A SUSPENSÃO DO USO DO MEDICAMENTO 24 H ANTES DO EXAME E AVISAR O MÉDICO QUE IRÁ REALIZAR O PROCEDIMENTO.


  • peniscopia

    Peniscopia

  • Lesão de HPV no pênis

    Lesão de HPV no pênis