EXAME ANATOMOPATOLÓGICO

Saiba mais informações sobre o Exame Anatomopatológico

O QUE É UM EXAME ANATOMOPATOLÓGICO

Consiste na análise macro e microscópica de fragmentos de tecido, órgãos ou parte de órgãos do paciente, o qual é submetido a um procedimento cirúrgico, seja ambulatorial ou não.

Serve para o diagnóstico de patologias, doenças e tumores, assim como estabelecer o estadiamento de neoplasias.

O diagnóstico é feito através da análise de alterações nas células e tecidos em conjunto com as informações clínicas fornecidas pelo médico assistente.

A análise é feita por um médico patologista, o qual emite um laudo anatomopatológico em que consta o diagnóstico e os comentários e observações pertinentes a cada caso.

A biópsia é o procedimento pelo qual se retira um fragmento ou fragmentos de uma lesão ou a lesão inteira e anatomopatológico é a análise feita deste material no laboratório.

O tempo total para a realização do exame é de 3 a 7 dias úteis, no entanto casos mais complexos podem levar mais tempo.

Como o material é colocado em formalina, que é um fixador de tecidos, o material não estraga podendo ser levado ao laboratório sem urgência, respeitando o tempo ideal de fixação até 72h após a coleta.

O material é cadastrado e levado à área técnica onde pessoas qualificadas chamadas macroscopistas descrevem, medem, pesam e cortam partes da lesão que acham mais representativas e colocam numa cápsula de plástico devidamente identificada. Após, estas cápsulas vão para uma máquina em que no final do processo recebem um banho de parafina para ser formado um bloco. Depois estes blocos são cortados com um aparelho chamado micrótomo em fatias bem fininhas. Estas fatias são colocadas sobre uma lâmina de vidro e são coradas com corantes especiais para que possam ser vistas pelo médico patologista no microscópio óptico.

O médico solicita este exame no momento em que suspeita que o tecido possui alguma alteração que não pode ser vista em outros exames. Ele pede este exame porque precisa de um diagnóstico para confirmar a sua suspeita e, se necessário, iniciar o tratamento e também para definir em que estágio está a doença.

Se analisa se o tecido tem alguma alteração morfológica, se tem tumor, se este tumor é maligno ou benigno, o tamanho dele, o grau de invasão, o tipo histológico e se está presente nas margens cirúrgicas da peça.

  • macroscopia- primeira etapa do exame anatomopatológico

    MACROSCOPIA – PRIMEIRA ETAPA DO EXAME ANATOMOPATOLÓGICO

  • CORTE HISTOLÓGICOS – VISUALIZAÇÃO NA MICROSCOPIA

    CORTE HISTOLÓGICO – VISUALIZAÇÃO NA MICROSCOPIA