BIOLOGIA MOLECULAR

Saiba mais informações sobre a Biologia Molecular

O QUE É BIOLOGIA MOLECULAR?

A biologia molecular busca estudar o material genético dos organismos para o melhor entendimento de fenômenos biológicos. Os exames realizados através desta técnica analisam o DNA do material a ser estudado trazendo resultados mais precisos e específicos do que os exames convencionais.

No laboratório Citoclin realizamos as pesquisas de HPV por PCR ou por captura hibrida e o PCR para ChlamydiaTrachomatis.

São conhecidos mais de 100 tipos de papilomavírus humano (HPV), dos quais 30 têm sido reportados em infecções anogenitais. A infecção tem importância clínica, pois alguns tipos virais estão associados a lesões que podem progredir para o câncer cervical. Sabe-se que os métodos moleculares são muito importantes para o diagnóstico dessa infecção.

A Captura Híbrida é capaz de identificar papilomavírus humano (HPV) ainda que os primeiros sintomas da doença não sejam visíveis. Através desta técnica, os 18 subtipos de HPV podem ser detectados, sendo classificados em grupos de baixo risco e alto risco para o desenvolvimento de câncer. Além de identificar o grupo do HPV, se baixo ou alto risco para o câncer anogenital esta técnica também fornece a carga viral demonstrando um resultado tanto qualitativo quanto quantitativo da infecção. Já o PCR para HPV é capaz de detectar exatamente qual o subtipo viral, mas não é capaz de quantificar a carga viral.

Para o diagnóstico de Chlamydiatrachomatis existem outros métodos de diagnóstico como imunoflourescência e Elisa, assim como exames de sorologia para avaliação dos anticorpos no sangue, porém os métodos de biologia molecular têm superioridade no diagnóstico por sua alta sensibilidade e especificidade.

A coleta de material para esta análise é feita através de raspado de lesões ou região considerada suspeita: colo uterino, vagina, região perianal, anal, pênis, glande, prepúcio, bolsa escrotal.

O seu médico irá solicitar o exame quando ele desejar acompanhar alguma lesão persistente na sua colposcopia ou quando ele quiser fazer o acompanhamento posterior a algum tratamento de lesão intra-epitelial no colo do útero.

A infecção por ChlamydiaTrachomatis normalmente não apresenta sintomas sendo sua pesquisa indicada como rastreamento e diagnóstico das infecções urogenitais causadas por este agente bacteriano sempre que seu médico achar necessário.